Home > Tributos > Estudo liderado por membros da equipe de Bolsonaro propõe fim do Simples

Estudo liderado por membros da equipe de Bolsonaro propõe fim do Simples

As modalidades de alíquota de imposto de renda para empresas —Lucro Real, Lucro Presumido e Simples— distorcem o mercado, precisam ser repensadas e unificadas para que, então, possa-se pensar em taxar lucros e dividendos.

A proposta é de um estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) coordenado por dois economistas que hoje participam da equipe de transição do governo Jair Bolsonaro: Adolfo Sachsida e Alexandre Ywata.

Durante as eleições, houve discussão sobre a tributação de lucros e dividendos.

Naquele momento, Paulo Guedes, que será o superministro da economia, chegou a falar de alíquota única de 20% para pessoas físicas, empresas e lucros e dividendos.

O diagnóstico do Ipea é que o Imposto de Renda da pessoa jurídica pelo regime do lucro real é alto —são 34%, 11 pontos percentuais a mais que a média global.

Se ele baixar, haverá espaço fiscal para se discutir a tributação de lucros e dividendos.

A proposta é rever os incentivos dos regimes de lucro presumido e Simples, diminuí-los e, eventualmente, eliminá-los, segundo a economista Melina Rocha Lukic, uma das autoras do estudo.

“A questão é entender se a abrangência desses benefícios não é excessiva. Diversas pesquisas já apontaram que eles causam distorções. Se caírem, haverá espaço fiscal que permitirá reduzir o Imposto de Renda sobre a pessoa jurídica”, afirma ela.

Então, segundo o Ipea, “haverá a possibilidade de alguma tributação de lucros e dividendos distribuídos, de preferência com isenção das parcelas reinvestidas.”

Alíquotas de Imposto de Renda de empresas vão de 4% a 34%

Imagem explicativa no link-

http://fenacon.org.br/noticias/estudo-liderado-por-membros-da-equipe-de-bolsonaro-propoe-fim-do-simples-4069/

Dica- selecione o link, copie e cole na barra de endereço da Internet.

Fonte- Fonte: Folha de S. Paulo- 18/12/2018; http://fenacon.org.br/noticias/estudo-liderado-por-membros-da-equipe-de-bolsonaro-propoe-fim-do-simples-4069/

Leia também
Aumento de carga tributária pode levar empresas à Justiça
Conheça as principais novidades tributárias de 2019
Tributos em atraso: Encargos são dedutíveis no lucro real
Tributaristas debatem Paulo Guedes e o aumento da alíquota de IR sobre dividendos